Pontos Positivos E Negativos E Dicas Para o Novo Ano De Virgem


Thati Lopes é Uma Blogueira No Filme Do 'Porta Dos Fundos' O Dia


Organize-se para o ano que está chegando! É hora de se fazer aquela pergunta: Como foi o ano da minha corporação? Para estar pronto pra conservar teu ambiente no mercado, é preciso muito planejamento. Pontuando com antecedência seus objetivos e as ações que serão realizadas no decorrer do ano, você consegue navegar mais tranquilamente pelos afazeres e dirigir o negócio sem perder o controle. “Os negócios digitais estão em alta e tem muita gente investindo nessa área. É preciso continuar de olho e buscar atualização permanente, pra dar a toda a hora o que há de melhor e estar um passo à frente da concorrência”, sinaliza Donizete Böger, coordenador do Sebrae/SC Vale do Itajaí.


Com a assistência de especialistas em empreendedorismo e gestão, separamos algumas dicas pra que você consiga se organizar e fazer o planejamento da tua empresa pro próximo ano. Antes de estabelecer um novo planejamento, é importante fazer uma avaliação como foi 2015 para o seu negócio. Tente recuperar infos e fazer um levantamento completo de dados. Pergunte-se: As metas foram atingidas? Como o teu público reagiu? Em que ações os seus recursos foram aplicados? Qual foi o funcionamento dos funcionários? De que jeito está a imagem da corporação?


Os resultados são satisfatórios? O que poderá melhorar? “O balanço nos permite a correção de rota, do mesmo jeito guia a estratégia a ser adotada para o contexto que se desenha pela atualidade”, explica Marcelo Souza, sócio-proprietário da empresa Plano de Negócios Online - Planoo. Entendendo a situação atual da tua empresa, siga pra uma sabedoria do mercado.


Verifique fatores internos e externos que possam impactar o teu negócio. “Analise se o mercado está comprando, quais as demandas com mais saída, o que os freguêses buscam, como tá a condição econômica do país”, destaca Böger. Ademais, o economista e diretor de finanças corporativas, M&A e governança corporativa da Crowe Horwath, Francisco D’Orto Neto, ressalta a gravidade de incluir no planejamento itens bastante pontuais.


“Devem estar presentes no planejamento premissas macroeconômicas, tais como suspeita de inflação, modificação cambial, taxa de juro, liquidez de moeda ou meio circulante”, pontua. Crie diferentes situações envolvendo alternativas pessimistas, otimistas e mais prováveis/realistas, então, você reduz o traço de ser pego desprevenido, seja qual for o contexto. “Considere as ameaças que são capazes de afetar o desempenho da organização e avalie as oportunidades que esse episódio oferece.


  1. Auxilie e apoie os objetivos profissionais

  2. Tenha a todo o momento em mãos um currículo limpo e legível

  3. Faça os seus Updates se demonstrarem na Timeline

  4. Episódio 227

  5. Lavar espetos de aço de churrasco



Projetar cenários mais realistas é um ótimo início pra não furar o orçamento do ano seguinte”, recomenda Böger. Baseie-se no histórico da tua organização, que agora está no seu balanço, e no estudo de mercado pra imaginar em circunstâncias que conseguem acontecer no futuro. O que você deseja alcançar nos próximos 12 meses?


Esta é a hora de botar seus objetivos no papel e definir metas pro ano da sua empresa. A despeito de seja descomplicado deixar os sonhos voar soltos, esforce-se pra reflexionar no que será crucial pra tomar cada meta. “Leve em conta projeção de busca, posicionamento da concorrência, disponibilidade e comportamento de fornecedores, abrangência geográfica do negócio, as pessoas envolvidas, os processos empresariais, o relacionamento com os freguêses, cenários financeiros e a viabilidade do negócio”, aconselha Souza.


Essa revisão necessita passar na declaração de teu negócio, sua visão, tua missão, seus valores, sua cultura e englobar lugar, em tão alto grau externo - a partir de tuas oportunidades e ameaças -, quanto interno - com tuas forças e fraquezas. Nesse lugar, aproveite para condizer suas estratégias e seus valores às metas e aos objetivos que acabou de decidir. “Realize o estabelecimento da figura que a empresa vai assumir, seus fatores críticos de sucesso e, complementando, qual será o ponto pra corporação em conexão ao teu mercado de atuação”, indica Souza. Vale relembrar que essa é uma fase primordial, uma vez que serve como bússola para todas as ações a ser planejadas e pra consolidação da imagem da organização, em tal grau para o público quanto para a equipe interna.


⇒ Leia, bem como, o Episódio dois do Superguia - Prepare tua loja para decolar. Lá, você descobre ferramentas e metodologias que irão ajudá-lo na hora de organizar o seu planejamento. Esta é uma maneira bem visual de se programar para cada atividade a ser preparada ao longo do ano. Imagine nas datas mais respeitáveis pro comércio, de modo geral - Natal, Black Friday, Dia do Frete Sem custo algum etc. - e assim como nas específicas do seu negócio. Marque cada uma destas datas e neste momento deixe previstas em seu planejamento anual quais ações promocionais serão feitas em cada uma delas. “Ainda que todas as ações não sejam planejadas desse instante, isso neste momento vai auxiliar a elucidar o que vai demandar investimento de tempo e recursos ao longo do ano”, completa Böger.


⇒ Leia, assim como: Superguia - Como planejar uma promoção de sucesso. Lá, você localiza todos os passos pra ter sucesso nessas ações. Elementos de marketing, por exemplo produtos/serviços, promoção, ponto/distribuição, valor praticado, pessoas envolvidas, processos e a sabedoria de valor de seus consumidores, devem ser abordados, revistos e redesenhados, segundo a indispensabilidade da corporação.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *